CORONAVÍRUS – Ufal convida voluntários para Programa Mais Ufal Solidária

Estudantes, técnicos-administrativos e professores podem ser voluntários

Foto: Ascom Ufal

Com o objetivo de unir esforços da comunidade acadêmica no combate ao coronavírus, a Universidade Federal de Alagoas (Ufal) por meio do Gabinete do Reitor e da Pró-Reitoria de Extensão (Proex) lançaram nesta quinta-feira (26) o Programa Mais Ufal Solidária.

A meta da proposta é arregimentar entre estudantes, técnicos-administrativos e professores um rol de voluntários para colaborar com execução de atividades que colaborem para a minimização do contágio do Covid-19, assim como para o tratamento de pacientes diagnosticados com a enfermidade.

O Programa é um chamamento para atuação voluntária da comunidade acadêmica da Ufal no atendimento às demandas variadas surgidas face à pandemia mundial do coronavírus.

“Estamos convidando estudantes, técnicos e professores a se voluntariarem em apoio a esta demanda que é emergente: a contenção do contágio do Covid-19 e a realização de iniciativas que possam ajudar nesta tarefa. Queremos mobilizar nossa comunidade neste sentido, reafirmando o compromisso cidadão da Ufal” afirmou o reitor Josealdo Tonholo.

Para participar do Programa, o interessado deve preencher o formulário demonstrando interesse em participar da iniciativa e, caso seja indicado, resumir qual ação deseja desenvolver, livre e voluntariamente.

Como indicação, são apresentadas propostas voltadas a membros da comunidade aptos a ajuda na fabricação de insumos para a coibição do avanço do coronavírus como álcool em gel, por exemplo; a atuação no Hospital Universitário; à disponibilização de cursos e aulas on-line; e a doação de produtos de limpeza a serem destinados à entidades assistenciais e filantrópicas, entre outras a serem sugeridas pelos voluntários.

“O primeiro passo é a manifestação da vontade de desenvolver alguma ação por meio do formulário on-line, submetendo dados, área de atuação do voluntário, ideia de ação e disponibilidade para atuação. Vamos verificar cada formulário e buscar inserir o voluntário em um leque de ações em prol de combater o Covid-19” disse o pró-reitor de Extensão da Ufal, Clayton Santos.

Como exemplo de ação neste campo do voluntariado, professores e alunos do Instituto de Química e Biotecnologia (IQB) da Ufal já atuam na fabricação de álcool em gel para uso no Hospital Universitário Professor Alberto Antunes (HUPAA), com insumos doados por usinas alagoanas.

Como ação é voluntária e solidária, o Programa não dispõe de bolsas, nem de fomento ou apoio financeiro.

Candidaturas e propostas podem ser submetidas por meio do formulário que pode ser acessado neste link.

Ascom Ufal

COMPARTILHAR