Aos municípios, secretário apresenta relatório sobre retorno gradual das aulas presencias

Encontro foi com representantes da União dos Dirigentes Municipais de Educação de Alagoas (Undime) e secretários municipais de Educação

O secretário Municipal de Educação, Elder Maia, participou de uma reunião, na manhã desta segunda-feira (27), com representantes da União dos Dirigentes Municipais de Educação de Alagoas (Undime), e secretários de Educação dos municípios. A pauta teve como objetivo mostrar os resultados acerca do retorno progressivo das aulas presenciais nas unidades de ensino da rede pública de Maceió.

Com uma rede que já conta com grande parte das escolas com ensino presencial, Elder Maia iniciou a fala ressaltando a importância do Painel dos Indicadores Educacionais do Município de Maceió, lançado em julho deste ano, como base para ações da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

“Não tenho dúvidas de que é um divisor de águas, que tange a produção de indicadores educacionais do nosso estado. E lá na Semed seguimos rigorosamente este material, porque ele guia na tomada de decisões e ações”, ressaltou.

Elder Maia, secretário de Educação de Maceió, durante a fala no encontro com demais secretários municipais Foto: Ascom Semed

O secretário destacou, ainda, a relevância do Bolsa Escola Municipal (BEM) para esta retomada. “O BEM nos ajudou, pois fez com que as mães incentivassem a volta dos filhos, porque a contrapartida principal do projeto é a matrícula, a frequência. Caso contrário, o aluno perde o benefício, que já foi prorrogado pelo prefeito JHC até dezembro de 2021”.

Elder também explicou que a Secretaria Municipal de Educação já tinha um protocolo sanitário de retorno das aulas presenciais desde os meses de janeiro e fevereiro deste ano. “Estávamos prontos para retornar no início de março, mas a pandemia se agravou e recuamos. Esse protocolo foi pactuado junto ao Ministério Público Estadual e com o Conselho Tutelar. Ambos foram importantes e nos ajudaram muito nas matrículas”, afirmou.

O secretário pontuou que nos últimos três meses, a Semed manteve um grupo permanente com 20 técnicos cujo objetivo visou fornecer os insumos para o retorno das unidades de ensino. Por fim, o chefe da Pasta salientou a importância dos diretores escolares e dos familiares dos alunos para esta retomada após mais de um ano de ensino remoto.

“Nossos diretores cumprem o papel mais importante do que qualquer secretário de educação que esteja no gabinete ou realizando alguma tarefa. É o diretor quem faz, quem convence, quem busca soluções e, na conta, e ele tem feito um grande trabalho e um dos maiores é a elevação das matrículas e outros que estão em curso”, disse.

O encontro, que ocorreu na Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), contou com a presença do prefeito de Maragogi, e vice-presidente da AMA, Sérgio Lira, da presidente da Undime, Noemia Pereira, da presidente do Conselho Estadual de Educação, Marly Vidinha, do secretário executivo de Estado da Educação, José Márcio, do representante do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Alagoas (Cosems-AL), Francisco Lins, do vereador e presidente da Comissão de Educação da Câmara de Vereadores, João Catunda, além de secretários municipais de educação de São Luís do Quitunde e de Jequiá da Praia.

Julita Bittencourt (estagiária) / Ascom Semed

Fonte: Prefeitura de Maceió