Crianças e alunos da rede municipal visitarão Expoagro 2021

Visitas acontecerão de 25 a 29 de outubro no Parque José da Silva Nogueira, no Trapiche da Barra

O maior encontro de pecuária do nordeste, a Expoagro Alagoas, se inicia no próximo sábado (23), e a rede municipal vai levar seus alunos para conhecer o espaço de perto. A partir de segunda-feira (25), crianças de 4 a 5 anos da Educação Infantil e alunos da Educação de Jovens, Adultos e Idosos (Ejai) poderão participar das atividades do evento pecuarista que acontece no Parque José da Silva Nogueira, no bairro do Trapiche da Barra.

Alunos terão contato com elementos do campo como animais e exposições relacionadas. Foto: Marco Antônio/Secom Maceió

Além da sala de aula, a realização de atividades externas como essa ajudam os alunos a compreender melhor os aspectos pedagógicos na prática. Muitos deles nunca tiveram contato com animais e elementos do campo, pois estão acostumados com um modo de vida urbano.

A coordenadora geral de programas suplementares (CGPS), Lívia Lima, explica que ações como essa trazem componentes distantes do dia a dia dos alunos, e são importantes para o momento de retorno às aulas.

“As crianças passaram esse tempo de pandemia em casa, então, nesse momento de retorno às aulas, esse contato com animais do ambiente rural é muito interessante. Vivemos em uma cidade grande, onde muitas crianças talvez nunca tenham tido acesso a animais como bois e cavalos. Uma coisa é uma criança ver esses elementos na teoria, em livros ou na televisão, outra é ela ver de perto”, explica a coordenadora.

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) vai assegurar toda a logística para garantir o transporte seguro e confortável dos alunos até a exposição. De acordo com Kátia Lessa, coordenadora de programas e projetos educacionais (CPPE), também será garantido que a ação atinja a grade curricular das crianças.

“Nós iremos articular todo o transporte necessário para as escolas, incluindo os do Ejai, que irão no turno da noite. Também alinhamos com as gestões escolares para que essa atividade integre a grade curricular da criança, pois ações no ambiente externo como essa são fundamentais no processo educativo”, diz a coordenadora.

Leonardo André (estagiário) / Ascom Semed

Fonte: Prefeitura de Maceió